Poucas mulheres sabem: esta erva limpa vagina, elimina fungos e trata mioma!


Neste post, vamos ensinar um antigo tratamento que é excelente para a saúde das mulheres.
Ela é, como a gente diz, uma receita do tempo da vovó.
Trata-se de um banho de vapor à base de plantas medicinais.
Este banho permite a limpeza e desintoxicação da vagina.
É importante que o tratamento seja feito um ou dois dias após o período menstrual.
Se você estiver suspeitando de uma gravidez, recomendamos que não o faça.

Antes de aprender a receita, entenda como ela é vantajosa para o corpo da mulher:
– Equilibra a flora vaginal
– Cuida do útero e cólon   
– Oxigena o sangue
– Limpa as membranas do tecido vaginal e do útero
– Remove toxinas do corpo
– Regula o ciclo menstrual
– Trata infecção fúngica e cistos vaginais
– Trata mioma uterino

Este banho de vapor deve durar entre 20 e 45 minutos.
Você deve tomar dois cuidados indispensáveis:

1. A água não deve estar muito quente
2. Não aproxime muito a vagina da preparação
Essas duas medidas vão ajudar a proteger contra queimaduras e irritações.
As ervas que podem ser usadas neste banho são:
– Lavanda/alfazema
– Orégano (nossa preferida)
– Camomila
– Alecrim
– Manjericão

Basta escolher uma, tendo o cuidado de verificar se você não tem alergia a ela.

Veja como fazer:
INGREDIENTES
4 litros de água filtrada
1 xícara da erva seca que você escolher

Observação: Se só tiver ervas frescas, use duas xícaras.

MODO DE PREPARO
Ferva a água por dez minutos.
Depois adicione a erva.
Feito isso, deixe descansar por cinco minutos, com a panela tampada.
Em seguida, despeje o chá numa bacia e sente-se na pontinha de uma cadeira, sem roupa, a fim de receber o vapor da água em sua vagina.
Envolva uma toalha na cintura para criar uma faixa, assim fica melhor para não deixar o vapor escapar.
Fique assim por 20 ou 30 minutos, que é o tempo para o tecido vaginal absorver as propriedades das ervas medicinais.
Talvez você sinta um pouco de cólica ou tenha um corrimento vaginal depois de receber o vapor, mas isso é normal, principalmente quando for a primeira vez.

Repita uma ou duas vezes a cada seis meses.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Comentários